Sparring! – Popó de volta?

A luta que era para ser a grande despedida de Acelino “Popó” Freitas, parece que serviu de motivação para o ex-campeão mundial de boxe voltar de vez para os ringues e realizar novos combates.

Depois de vencer Michel Oliveira em atuação perfeita, os boatos sobre uma revanche já correm soltos, mas as especulações sobre o futuro de Popó no boxe não param por aí. Outro boato forte, é que em caso de nova vitória contra Michel, Popó poderá desafiar o filipino Manny Pacquiao, que é o pugilista que possui o recorde de campeonatos vencidos em categorias diferentes (Pacquiao é campeão em oito categorias), mas que está em baixa no momento, após dois resultados bastante contestados pelos fãs e especialistas de boxe,a  vitória contra Juan Manuel Maquez e a derrota contra Timothy Bradley.

A revanche contra Oliveira está sendo negociada para acontecer em novembro deste ano no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo e parece ser questão de tempo para ser confirmada, mas uma luta contra Pacquiao ainda parece um sonho difícil de se tornar realidade. A verdade é que Pacquiao não tem muitos motivos para enfrentar Popó, já que o filipino seria o único com algo a perder. Pacquiao teria a obrigação de vencer o brasileiro, devido ao fato de Popó ter lutado a maior parte de sua carreira em categorias mais leves e por ficar afastado do boxe por cinco anos. O destino de Pacquiao provavelmente será a já aguardada revanche contra Bradley, devido a uma cláusula no contrato da primeira luta, para que houvesse a revanche. Outra alternativa seria um quarto duelo contra Manuel Marquez, o que o filipino já admitiu ter interesse, para enfim vencer o mexicano de forma convincente após três lutas bastante equilibradas.

De qualquer forma, Popó deve ter cuidado se voltar para o boxe para não tirar a boa imagem que deixou em sua última luta e principalmente não deixar o boxe atrapalhar sua vida política.

  Não se sabe se Jacó seria melhor boxeador, mas com certeza seria melhor deputado!